Bastidores, Estados Unidos, Ideias

as aventuras de astrobaldo, o sapo viajante

as-aventuras-de-astrobaldo-o-sapo-viajante

Começou como uma brincadeira e acabou se tornando uma das coisas mais divertidas que eu já fiz. E tenho fotos para provar

Na minha longa lista de filmes favoritos – encabeçada por Casablanca, é claro – O Fabuloso Destino de Amélie Poulain ocupa um lugar especial.

Foi seguindo os passos de Amélie que percorri as ruas de Montmartre, de longe o lugar que mais gostei na bela Paris. É claro que fui ao Cafe des 2 Moulins – e mergulhei de cabeça no lugar-comum habitado por todo fã do filme de Jean-Pierre Jeunet, pedindo um crème brulée e quebrando a cobertura com uma colher. Sem medo de ser feliz.

Mas foi uma outra história de Amélie Poulain que inspirou uma das coisas mais divertidas que já fiz. Quem aí não se lembra do gnomo viajante, que some misteriosamente do jardim do pai de Amélie para reaparecer em fotos enviadas de diferentes lugares do mundo?

A trama depois é revelada: para inspirar o pai a viajar, a heroína “sequestra” o gnomo e pede para uma amiga comissária de bordo levar a pequena estátua em suas viagens – o que acaba lhe rendendo o apelido de Branca de Neve. 

um sapo vesgo em minha vida

Há alguns anos, quando passei uma temporada nos Estados Unidos como au pair, recebi uma caixa pelo correio. Dentro dela estava o sapo vesgo mais simpático que eu já havia conhecido. O presente da minha Madrinha veio com uma sugestão: eu poderia fotografar o sapo em alguns pontos turísticos, como fazia a amiga de Amélie.

Não sei se foi uma brincadeira ou se ela falou sério, mas eu gostei da ideia e comecei a levar Astrobaldo (foi esse o nome que dei a ele) para tudo quanto era canto. E, de tempos em tempos, mandava algumas fotos dele para a minha Madrinha.

Astrobaldo assistiu ao musical O Rei Leão em um teatro de Providence. Tomou todas com a galera, fez amigos e viajou. Muito. Foi a Nova York, Las Vegas, San Francisco, Orlando… Fez muita gente rir e sorrir enquanto eu tentava fotografá-lo.

Outro dia Astrobaldo me disse que quer voltar a viajar. Cansou da vista da minha estante, está todo rebelde e argumentou que precisa se reencontrar – de preferência em algum país distante.

O que eu posso dizer é que eu entendo bem esse meu amigo sapo. Uma vez que a gente toma gosto por viajar, é difícil esperar pela próxima viagem…

E você, já teve algum momento Amélie Poulain – ou de outro personagem do cinema? Conte nos comentários.

Mandis

Quando eu era criança, adorava ouvir histórias. Gostava tanto que, depois que cresci, decidi que não só iria continuar ouvindo histórias, como também ajudaria a contá-las. Nas horas vagas, vivo minhas próprias histórias e reservo um tempinho para transformá-las em textos, fotos e outras amandices por aí.

Deixe seu comentário!

Deixe seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Seguir Amandices

Receba as novidades do Amandices no seu email!

error: Entre em contato para solicitar este conteúdo.