penochaoamandadealmeida

Quando eu era criança, adorava ouvir histórias. Gostava tanto que, depois que cresci, decidi que não só iria continuar ouvindo histórias, como também ajudaria a contá-las.

Na verdade, levou um tempinho até eu decidir o que realmente faria da vida. Comecei querendo ser um dos mosqueteiros lutando ao lado de Dartagnan (Dartacão, para ser mais exata). Uma coisa levou a outra, e resolvi que queria ser médica de bichos. Não demorou para eu perceber que seria incapaz de vê-los sofrendo (isso e o fato de me sair melhor em humanas do que em biológicas).

Na adolescência, sonhava em ser repórter da MTV, da Rock Brigade, menos da Bizz, que só falava mal das minhas bandas favoritas. Queria entrevistar pessoas que eu admirava – e não é que, no final, eu entrevistei algumas? Melhor que isso, comecei a admirar muita gente que tive a oportunidade de conhecer e entrevistar.

Muito tempo se passou desde que eu ouvi a minha primeira história. Mas eu sei que foi lá atrás que eu decidi que mais do que ouvir, eu também queria viver e escrever minhas próprias histórias. Minhas, suas, nossas.

Então fica combinado: eu te conto minhas histórias, mas também quero ouvir as suas – e quem sabe contá-las também.

Não se esqueça de deixar seus comentários e, se quiser falar comigo, é só clicar na página de contato e me mandar um oi.

dartacão
Este era o meu crush quando eu tinha 5 anos

 

SalvarSalvar

Seguir Amandices

Receba as novidades do Amandices no seu email!

error: Entre em contato para solicitar este conteúdo.